Máquina CNC melhora velocidade, precisão e segurança.


Testemunho do cliente da nossa parceira FlexCNC nos Estados Unidos.¹ 

Quando o gerente da fábrica da Kusters Zima, Randy Autry, precisou substituir uma furadeira radial, ele descobriu que uma máquina CNC Drillmaster tinha mais recursos – furação, rosqueamento e usinagem – e maior produtividade que seu antecessor.

Quando o acionamento manual da sua furadeira radial quebrou na fábrica da Kusters Zima, o gerente da fábrica Randy Autry foi à procura para substituí-la. E encontrou mais do que esperava: um equipamento que executa mais operações com mais eficiência do que sua furadeira antiga, sem ter que substituir os operadores ou alterar significativamente suas instalações.

A Kusters Zima, Spartanburg – E.U.A, fabrica equipamentos especializados para industrias texteis e celulose. A matéria-prima entra em uma porta e sai da outra como uma máquina totalmente operacional. Obviamente, não é tão fácil assim: da usinagem ao acabamento, os produtos são manuseados por dezenas de máquinas e operadores.

Quando a furadeira radial quebrou, Autry pensou em substitui-la, porém custo envolvido foi similar ao preço de uma máquina CNC usada. Ele procurou por uma máquina do tipo portal, mas estava fora de seu orçamento e exigiria o reforço do piso da fábrica para ser instalada. Um colega contou a ele sobre a máquina da MasterDrill CNC e, embora fora de seu orçamento, Autry ficou interessado. Depois de um vôo para Washington para ver uma das máquinas em operação, ele estava convencido que era a máquina que ele precisava. Embora fosse um valor alto em comparação com a compra de uma nova furadeira radial, ele poderia fazer mais com ela, mantendo os trabalhos internos, em vez de terceirizá-los. A Autry comprou um MasterDrill CNC GRD 06-1.8, um centro de usinagem vertical de 6 por 1.8 metros com cone BT50.

Autry ainda está na fase de descoberta e está encontrando coisas novas que a máquina pode fazer, mas até agora ele não encontrou nada que não pudesse fazer. Em apenas alguns meses desde a instalação, a máquina tornou a planta da Kusters Zima mais segura e eficiente, pagando por si mesma em economias de gastos que eram ocultos e aumento da produtividade.

Furação

Autry usa a máquina para furação, fresamento e corte, especialmente projetos com uma tolerância de +/- 0,127 milimetros. O aço estrutural é um dos pilares da linha de clarificação: A maioria dos layouts de furos e furações anteriormente manuais agora são feitos na nova máquina. O Flowdrill, furação térmica, também é um dos pilares da Kusters Zima. O Flowdrill usa calor para perfurar e, naturalmente, faz com que se forme uma bucha e um colar na parte inferior e superior furo, respectivamente, útil para parafusos ou para bicos de pulverização. Muitos dos clientes da empresa são indústrias de agricultura, alimentos e saneamento; portanto, as aplicações demandam uma vedação plana, sem arestas ou cantos vivos.

Anteriormente, furos de Ø76 mm em barra redonda de 355 mm de diâmetro envolvia uma furadeira radial com mandril e grandes quantidades de fluído de corte antes de fura-la manualmente – o que era um processo árduo e demorado. A nova máquina usa apenas uma ferramenta, furando 25mm/minuto em um único avanço, assim finalizando uma peça em 14 minutos, o que anteriormente levava quatro horas.

Os operadores costumavam cortar uma rasgo de 38 mm de largura e 406 mm de comprimento com uma serra manual, o que criava um risco à segurança e envolvia a possibilidade de erro humano. A máquina agora corta a peça no mesmo tempo, mas reduz significativamente o risco de ferimentos do operador, e o resultado é uma usinagem mais limpa e de melhor qualidade.

Mais precisão significa menos sucata, bem como custos de garantia reduzidos e menor retrabalho. Muitos dos projetos da Kusters Zima são tão grandes que não podem ser montados em seu galpão; portanto, menos erros significam menos correções durante a montagem no campo.

Em quase todos os casos, a máquina economiza tempo furando, fresando, rosqueando e chanfrando peças grandes em um único setup. Os operadores fixam a peça uma vez e não precisam move-la para usinagens fora do alcance da máquina. Autry estima que a Kusters Zima reduziu seu tempo pela metade usando a máquina versus uma furadeira radial manual.

As coisas mudam, as pessoas continuam as mesmas 

O objetivo de Autry era contratar mais funcionários, mantendo os projetos internamente e assumindo novos projetos, em vez de substituir os funcionários automatizando suas funções. Manter um projeto internamente economiza no envio e recebimento, reduz o tempo de inatividade e aumenta a capacidade da Kusters Zima de controlar o projeto final em qualidade e cronograma de entrega.

Foi o que Autry pretendia. Nos nove meses desde a compra do novo equipamento, a Kusters Zima contratou dois operadores.

Temos pessoas aprendendo novas habilidades e, ao aprender novas habilidades, elas estão produzindo produtos, e esses produtos estão nos fazendo lucrar”, disse Autry. Ele observou que era capaz de fazer com que seus operadores operassem a máquina com o mínimo de treinamento.

“Quem quiser opera-la pode aprender”, disse ele. “É a máquina de programação mais fácil que eu já vi”.

Embora Autry não tenha feito um cálculo formal para determinar o retorno do investimento, ele estima que a máquina se pagou dentro de um ano. Desde a compra até o treinamento, esse investimento – que faz o trabalho de 10 máquinas – provou ser uma das atualizações mais tranquilas para o chão de fábrica da Kusters Zima, disse Autry.

¹ Traduzido do artigo na revista Tube & Pipe Journal (Setembro, 2019) (https://www.tubeandpipejournal-digital.com/tubeandpipejournal/september_2019/MobilePagedReplica.action?u1=renew&pm=2&folio=40#pg40)